A Cidade

Florianópolis

A cidade de Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, possui uma parte insular (Ilha de Santa Catarina) e outra parte continental, incorporada à cidade em 1927. As duas porções são ligadas pelas pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos – por onde trafegam os veículos – e a ponte Hercílio Luz, a maior ponte pênsil do Brasil, tombada como Patrimônio Histórico e Artístico. Atualmente, a capital catarinense possui cerca de 400 mil habitantes que vivem ao longo da ilha e em sua porção continental.

As lendas, mitos e histórias de bruxas criaram em Florianópolis uma cultura especialmente rica que aliada ao seu desenvolvimento tecnológico gera um cenário propício à promoção de iniciativas criativas e inovadoras, como é o caso da economia criativa. Qualidade de vida, atração de talento profissional, trocas sociais e culturais, características naturais e ambiente colaborativo demonstram que a capital catarinense é uma cidade criativa.

Florianópolis também é uma cidade fortemente acadêmica, sendo que a Universidade Federal de Santa Catarina sempre aparece entre as 10 melhores universidades do país. O ensino em Florianópolis é um setor muito forte da economia que abriga mais de uma dezena de universidades públicas e privadas, ensino fundamental e médio de referência, além de dezenas de centros de pesquisa. Atualmente a cidade tem aproximadamente 80.000 estudantes, o que equivale a 20% de sua população.

O setor tecnológico em Florianópolis, de grande força na cidade, se deu pela combinação de uma política de desenvolvimento iniciada na década de 80 e a produção de conhecimento pelas instituições e centros de pesquisa de excelência ali instalados. Essa vocação da cidade foi reconhecida em diversos rankings e pesquisas. Entre eles, o estudo da Delta Economics & Finance 2015 que coloca Florianópolis como referência nacional de ambiente de negócios, propícia para receber cada vez mais empresas de alto crescimento no futuro. Já o levantamento Melhores Cidades do Brasil, da publicação Istoé e a consultoria Austin Rating, apontou a cidade como vencedora na categoria Indicadores Digitais, além de ser líder nos quesitos acesso ao conhecimento e mobilidade digital. A capital também foi considerada, em 2017, a sexta cidade mais inteligentes do país pelo Ranking Smart Cities. Junto à tecnologia, a Ilha de Santa Catarina é também reconhecida internacionalmente pelo seu turismo e suas belezas naturais.

Florianópolis também é a primeira cidade brasileira a fazer parte da Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO na categoria gastronomia. Sua inclusão na Rede, apoiada por cidades de países como Suécia, Colômbia e China, prevê diversas iniciativas ligadas à  gastronomia, entre elas, a produção de um festival internacional anual; workshops com  especialistas sobre cooperação criativa ligando design, artesanato, gastronomia e turismo; a  criação de um Observatório Nacional da Gastronomia e a criação do Núcleo de Inovação  Cultural para gerar um espaço de compartilhamento de experiências e conhecimentos com  foco na Economia Criativa, especialmente em relação à gastronomia.

Saiba mais sobre os atrativos de Florianópolis no portal www.vivendofloripa.com.br